Clarice Gonçalves - Artista

Clarice Gonçalves

Distrito Federal,
1985

Nascida no DF em 1985, Clarice Gonçalves graduada em Artes Visuais pela UnB em 2008, Sua pesquisa passeia entre a socialização feminina, sexualidade e maternidade. Foi premiada em 2008 no 13 salão dos Novos Artistas, com curadoria de Cauê Alves, Fernando Lindote e Ricardo Basbaum. Em 2010, o Diploma de Excelência no 9th female artist’s art anual award – Art Addiction online Gallery – London. 2012 foi o ano de sua primeira individual em São Paulo. 2013 o ano de nascimento de seu filho. Clarice Já participou de mostras em Londres e Nova Yorque, e de feiras no Rio (Artigo) e em São Paulo (Parte) e na mostra Acercamientos, paralela á 12a Bienal de Havana, Cuba em 2015. Em 2014 lançou o livro “Clarice Gonçalves – O som do silêncio”, pela editora Briquet de Lemos, com curadoria e textos de Graça Ramos e também textos de Juliana Monachesi e Mário Gioia. Em 2016 foi selecionada para o o prêmio Vera Brandt. Possui obras na Casa das Américas, em Havana-Cuba, no acervo do Museu de arte de Joinville, SC, na Galeria de Arte da Universidade de Goiás (FAV),GO. Clarice participou e segue sendo convidada a compor mostras coletivas em Brasília como a mostra Rumor, na Caixa Cultural, DF com curadoria de Yana Tamayo em janeiro de 2020 e em 2014 a mostra Figura Humana, com curadoria de Raphael Fonseca, na Caixa Cultural do Rio de Janeiro. Vem realizando regularmente mostras individuais em Brasília e Outros Estados do Brasil. Em 2019 foi selecionada para o Salão Mestre D´Armas em Planaltina , DF e Idealizou e executou o projeto Matriz, composto de uma mostra individual da artista apresentando obras sobre seu puerpério, com curadoria de Cinara Barbosa e em paralelo realizou a orientação, acompanhamento e curadoria de um ateliê convocado por edital aberto para artistas mães convidadas a produzir sobre a temática de suas vivências com a maternidade, os trabalhos resultantes foram então expostos paralelamente á mostra de Clarice, no Museu Nacional da República. Atualmente foi convidada a compor a mostra Transatlântica – Pintura Brasileña Contemporánea no Instituto de América, Centro Damián Bayón em Santa Fé, Granada, Espanha com curadoria de Aldones Nino e Joyce Delfim, mostra esta postergada por tempo indeterminado devido a pandemia mundial. A obra de Clarice é representada em Brasília pela Galeria Referência e em São Paulo pela Galeria Almeida Prado. Foi criada, vive e trabalha em Taguatinga – DF.

obras disponíveis

Clarice Gonçalves
Adivinha-se uma alma através dessa forma indecisa
, 2010
Pintura
100 x 70 cm
Clarice Gonçalves
Nas Proximidades do Lugar de Reunião das Pulsões de Vida
, 2020
Pintura
45 x 86 cm
Clarice Gonçalves
Extensão da Zona de Silêncio
, 2018
Pintura
90 x 90 cm