Gisele Camargo

Gisele Camargo

Rio de Janeiro,
1970

Gisele Camargo nasceu no Rio de Janeiro, em 1970, é formada em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes da UFRJ, graduação que ela concluiu em paralelo a seus estudos de filosofia.

Enquanto morou na capital carioca, seu trabalho apresentava paisagens que remetiam ao universo urbano, com uma paleta restrita, a exemplo das séries “Panavison” 2009, “33 trípticos” 2010 e “Falsa Espera”, 2012. Essa última registrada em livro.

Em março de 2017, a artista se mudou para Serra do Cipó, uma mudança que refletiu no seu trabalho quando os rudimentos de uma paisagem orgânica abriram a paleta de cores e agregaram elementos simbólicos às pinturas. Essas características podem ser observadas no desenvolvimento da série “Brutos” 2016, “Paisagens Gráficas” 2017, “Erosões” 2018, “Construção” 2018, “Tabuleiro” 2020.

Algumas das exposições individuais que realizou recentemente: “Tabuleiro”, Galeria Carbono (São Paulo, SP, 2021); “Erosões”, Central Galeria (São Paulo, SP, 2019); “Construção”, Galeria Carbono (São Paulo, SP, 2018); “Luas, Brutos e Sóis”, Luciana Caravello Arte Contemporânea (Rio de Janeiro, RJ, 2018); “Luas, Brutos e Sóis”, Periscópio Arte Contemporânea (Belo Horizonte, MG, 2018); “Cápsulas e Luas”, Paço Imperial (Rio de Janeiro, RJ, 2015) e “Noite americana ou Luas invisíveis”, Galeria Luciana Caravello (Rio de Janeiro, RJ, 2014). Entre as exposições coletivas recentes estão: “Brasilidade Pós-Moderna”, curadoria de Tereza de Arruda, Centro Cultural Banco do Brasil (Rio de Janeiro, 2021); “Grisaille”, curadoria Michael Goodson, Wexner Center of the Arts, (Columbus, USA, 2017); “a luz que vela o corpo é a mesma que revela a tela”, Caixa Econômica (Rio de janeiro, RJ, 2017); “Um desassossego”, Galeria Estação (São Paulo, SP, 2016); “O muro: rever o rumo”, Central Galeria (São Paulo, SP, 2016); “Artistas Visuais em revistas”, ( Rio de Janeiro, RJ, 2016); “Cruzamentos”, Wexner Center for the Arts (Columbus, EUA, 2014).

Alguns prêmios e bolsas: “Prêmio Arte e Patrimônio” – Honra ao mérito – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, (Rio de Janeiro, RJ, 2013); “Bolsa de apoio e pesquisa em criação artística”, Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro, RJ, 2012); “Prêmio IBRAM de Arte Contemporânea”, Instituto Brasileiro de Museus (Rio de Janeiro, RJ, 2011); “Prêmio Projéteis de Arte Contemporânea” Fundação Nacional de Artes – FUNARTE (Rio de Janeiro, RJ, 2006); “Prêmio Projéteis de Arte Contemporânea” Fundação Nacional de Artes – FUNARTE (Rio de Janeiro, RJ, 2003).

obras disponíveis

Gisele Camargo
A construção dos minimundos
, 2021
Mista
30 x 30 cm
Gisele Camargo
A construção dos minimundos
, 2021
Mista
30 x 30 cm